Nos bastidores conversa-se sobre possibilidades de novas séries sobre o Wizarding World.

Foi anunciado nessa terça-feira (27), três roteiristas finalistas na corrida para a nova adaptação os amados livros de Harry Potter, de J.K. Rowling, em uma série live-action para a plataforma de streaming Max. Segundo o Deadline, Francesca Gardiner, Tom Moran e Kathleen Jordan, são os talentosos escritores prontos para a próxima etapa do processo, e que já estão refinando suas propostas nos próximos meses, com a decisão final sobre quem assumirá a responsabilidade esperada para junho deste ano de 2024 ainda.

A série Harry Potter, agendada para estrear na Max em 2026, tem sido alvo de grande interesse desde seu anúncio. David Zaslav, CEO da Warner Bros. Discovery, confirmou recentemente o entusiasmo mútuo entre as partes envolvidas nesse projeto, destacando a colaboração estreita entre a equipe de produção e a própria J.K. Rowling.

Nos bastidores, foi revelado que os roteiristas finalistas foram cuidadosamente selecionados após um extenso processo de pesquisa. Esse processo, liderado por Casey Bloys, presidente e CEO da Max Content, e Channing Dungey, presidente do Warner Bros Discovery. TV Group, incluiu uma série de etapas que envolveram tanto Los Angeles quanto Londres, com a participação ativa de Rowling.

Além disso, há a possibilidade de que mais de um dos roteiristas selecionados tenha a oportunidade de contribuir para o projeto, já que a Max está aberta à ideia de desenvolver múltiplas abordagens para o universo de Harry Potter.

Francesca Gardiner traz consigo uma impressionante experiência, tendo trabalhado em produções aclamadas como “Succession” e “His Dark Materials”. Tom Moran, por sua vez, é conhecido por suas contribuições para séries como “The Devil’s Hour” e “The Feed”. Enquanto isso, Kathleen Jordan deixou sua marca com criações como “Teenage Bounty Hunters” e colaborações com nomes de peso como Jenji Kohan.

A produção da série será liderada pela Brontë Film and TV, com Neil Blair, o agente de J. K. Rowling, e Ruth Kenley-Letts, CEO da Brontë, atuando como produtor executivo. Além disso, David Heyman, produtor dos filmes originais, está em negociações para desempenhar um papel executivo no projeto.

Com a riqueza do mundo mágico de J.K. Rowling, que já conquistou milhões de fãs ao redor do mundo através de livros, filmes e outras formas de entretenimento, a expectativa em torno da série Harry Potter permanece alta, prometendo uma nova e emocionante aventura para os espectadores.

About The Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.