Com greve dos roteiristas e artista resolvida, o 75º Emmy Awards finalmente será apresentado na próxima segunda-feira (15). 

Emmy Awards

(Matéria publicada em 12/06/2023, atualizada em 12/01/2026).

Após o clima de tensões e greves dos roteiristas e artistas resolvidos, em Hollywood. A cerimônia de premiação do Emmy Awards 2023, antes inicialmente marcada para 18 de setembro do ano passado, pode então ser celebrada na próxima segunda-feira (15). Um dia após conhecermos os vencedores do 29º Critics Choice Awards.

Com 27 indicações ao Emmy Awards 2023, Succession tem a grande chance para terminar a saga com chave de ouro. Outras series em destaque são The Last of Us, The White Lotus e Ted Lasso.

O Emmy Awards 2023 terá transmissão no Brasil pela TNT e pela HBO Max. Confira abaixo os indicados:

MELHOR SÉRIE DRAMÁTICA

Andor
Better Call Saul
The Crown
A Casa do Dragão
The Last of Us
Succession
The White Lotus
Yellowjackets

MELHOR SÉRIE CÔMICA

Abbott Elementary
Barry
The Bear
Jury Duty
A Maravilhosa Sra. Maisel
Only Murders in the Building
Ted Lasso
Wandinha

MELHOR SÉRIE LIMITADA OU ANTOLÓGICA

Treta
Dahmer: Um Canibal Americano
Daisy Jones & the Six
A Nova Vida de Toby
Obi-Wan Kenobi

MELHOR TELEFILME

Dolly Parton’s Mountain Magic Christmas
Orgulho & Sedução
Abracadabra 2
O Predador: A Caçada
Weird: The Al Yankovic Story

MELHOR ATOR EM SÉRIE DRAMÁTICA

Jeff Bridges, por The Old Man
Brian Cox, por Succession
Kieran Culkin, por Succession
Bob Odenkirk, por Better Call Saul
Pedro Pascal, por The Last of Us
Jeremy Strong, por Succession

MELHOR ATOR EM SÉRIE CÔMICA

Bill Hader, por Barry
Jason Segel, por Shrinking
Martin Short, por Only Muders in the Building
Jason Sudeikis, por Ted Lasso
Jeremy Allen White, por The Bear

MELHOR ATOR EM SÉRIE LIMITADA, ANTOLÓGICA OU TELEFILME

Taron Egerton, por Black Bird
Kumail Nanjiani, por Bem-Vindos ao Clube da Sedução
Evan Peters, por Dahmer: Um Canibal Americano
Daniel Radcliffe, por Weird: The Al Yankovic Story
Michael Shannon, por George & Tammy
Steven Yeun, por Treta

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DRAMÁTICA

Sharon Horgan, por Bad Sisters
Melanie Lynskey, por Yellowjackets
Elisabeth Moss, por The Handmaid’s Tale
Bella Ramsey, por The Last of Us
Keri Russell, por A Diplomata
Sarah Snook, por Succession

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE CÔMICA

Christina Applegate, por Disque Amiga Para Matar
Rachel Brosnahan, por A Maravilhosa Sra. Maisel
Quinta Brunson, por Abbott Elementary
Natasha Lyonne, por Poker Face
Jenna Ortega, por Wandinha

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE LIMITADA, ANTOLÓGICA OU TELEFILME

Lizzy Caplan, por A Nova Vida de Toby
Jessica Chastain, por George & Tammy
Dominique Fishback, por Swarm
Kathryn Hahn, por Tiny Beautiful Things
Riley Keough, por Daisy Jones and the Six
Ali Wong, por Treta

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE DRAMÁTICA

F. Murray Abraham, por The White Lotus
Nicholas Braun, por Succession
Michael Imperioli, por The White Lotus
Theo James, por The White Lotus
Matthew Macfayden, por Succession
Alan Ruck, por Succession
Will Sharpe, por The White Lotus
Alexander Skarsgard, por Succession

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE CÔMICA

Anthony Carrigan, por Barry
Phil Dunster, por Ted Lasso
Brett Goldstein, por Ted Lasso
James Marsden, por Jury Duty
Ebon Moss-Bachrach, por The Bear
Tyler James Williams, por Abbott Elementary
Henry Winker, por Barry

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE LIMITADA, ANTOLÓGICA OU TELEFILME

Murray Bartlett, por Bem-Vindos ao Clube da Sedução
Paul Walter Hauser, por Black Bird
Richard Jenkins, por Dahmer: Um Canibal Americano
Joseph Lee, por Treta
Ray Liotta, por Black Bird
Young Mazino, por Treta
Jesse Plemons, por Amor & Morte

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE DRAMÁTICA

Jennifer Coolidge, por The White Lotus
Elizabeth Debicki, por The Crown
Meghann Fahy, por The White Lotus
Sabrina Impacciatore, por The White Lotus
Aubrey Plaza, por The White Lotus
Rhea Seehorn, por Better Call Saul
J. Smith-Cameron, por Succession
Simona Tabasco, por The White Lotus

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE CÔMICA

Alex Borstein, por A Maravilhosa Sra. Maisel
Ayo Edebiri, por The Bear
Janelle James, por Abbott Elementary
Sheryl Lee Ralph, por Abbott Elementary
Juno Temple, por Ted Lasso
Hannah Waddingham, por Ted Lasso
Jessica Williams, por Shrinking

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE LIMITADA, ANTOLÓGICA OU TELEFILME

Annaleigh Ashford, por Bem-Vindos ao Clube da Sedução
Maria Bello, por Treta
Claire Danes, por A Nova Vida de Toby
Camila Morrone, por Daisy Jones & the Six
Niecy Nash-Betts, por Dahmer: Um Canibal Americano
Merritt Wever, por Tiny Beautiful Things

MELHOR ATOR CONVIDADO EM SÉRIE DRAMÁTICA

Murray Bartlett, por The Last of Us
James Cromwell, por Succession
Lamar Johnson, por The Last of Us
Arian Moayed, por Succession
Nick Offerman, por The Last of Us
Keivonn Montreal Woodard, por The Last of Us

MELHOR ATOR CONVIDADO EM SÉRIE CÔMICA

Jon Bernthal, por The Bear
Luke Kirby, por A Maravilhosa Sra. Maisel
Nathan Lane, por Only Murders in the Building
Pedro Pascal, por Saturday Night Live
Oliver Platt, por The Bear
Sam Richardson, por Ted Lasso

MELHOR ATRIZ CONVIDADA EM SÉRIE DRAMÁTICA

Hiam Abbass, por Succession
Cherry Jones, por Succession
Melanie Lynskey, por The Last of Us
Storm Reid, por The Last of Us
Anna Torv, por The Last of Us
Harriet Walter, por Succession

MELHOR ATRIZ CONVIDADA EM SÉRIE CÔMICA

Becky Ann Baker, por Ted Lasso
Quinta Brunson, por Saturday Night Live
Taraji P. Henson, por Abbott Elementary
Judith Light, por Poker Face
Sarah Niles, por Ted Lasso
Harriet Walter, por Ted Lasso

MELHOR DIREÇÃO EM SÉRIE DRAMÁTICA

Benjamin Caron, por “Rix Road” (Andor)
Dearbhla Walsh, por “The Prick” (Bad Sisters)
Peter Hoar, por “Long, Long Time” (The Last of Us)
Andrij Parekh, por “America Decides” (Succession)
Mark Mylod, por “Connor’s Wedding” (Succession)
Lorene Scafaria, por “Living+” (Succession)
Mike White, por “Arrivederci” (The White Lotus)

MELHOR DIREÇÃO EM SÉRIE CÔMICA

Bill Hader, por “wow” (Barry)
Christopher Storer, por “Review” (The Bear)
Amy Sherman-Palladino, por “Four Minutes” (A Maravilhosa Sra. Maisel)
Mary Lou Belli, por “Don’t Touch My Hair” (The Ms. Pat Show)
Declan Lowney, por “So Long, Farewell” (Ted Lasso)
Tim Burton, por “Wednesday’s Child is Full of Owe” (Wandinha)

MELHOR DIREÇÃO EM SÉRIE LIMITADA, ANTOLÓGICA OU TELEFILME

Lee Sung Jin, por “Figures of Light” (Treta)
Jake Schreier, por “The Great Fabricator” (Treta)
Carl Franklin, por “Bad Meat” (Dahmer: Um Canibal Americano)
Paris Barclay, por “Silenced” (Dahmer: Um Canibal Americano)
Valerie Faris & Jonathan Dayton, por “Me-Time” (A Nova Vida de Toby)
Dan Tratchenberg, por O Predador: A Caçada

MELHOR ROTEIRO EM SÉRIE DRAMÁTICA

Beau Willimon, por “One Way Out” (Andor)
Sharon Horgan, Dave Finkel & Brett Baer, por “The Prick” (Bad Sisters)
Gordon Smith, por “Point and Shoot” (Better Call Saul)
Peter Gould, por “Saul Gone” (Better Call Saul)
Craig Mazin, por “Long, Long Time” (The Last of Us)
Jesse Armstrong, por “Connor’s Wedding” (Succession)
Mike White, por “Arrivederci” (The White Lotus)

MELHOR ROTEIRO EM SÉRIE CÔMICA

Bill Hader, por “wow” (Barry)
Christopher Storer, por “System” (The Bear)
Mekki Leeper, por “Ineffective Assistant” (Jury Duty)
John Hoffman, Matteo Borghese & Rob Tubovsky, por “I Know Who Did It” (Only Murders in the Building)
Chris Kelly & Sarah Schneider, por “Cary & Brooke Go to an AIDS Play” (The Other Two)
Brendan Hunt, Joe Kelly & Jason Sudeikis, por “So Long, Farewell” (Ted Lasso)

MELHOR ROTEIRO EM SÉRIE LIMITADA, ANTOLÓGICA OU TELEFILME

Lee Sung Jin, por “The Birds Don’t Sing, They Screech in Pain” (Treta)
Joel Kim Booster, por Orgulho & Sedução
Taffy Brodesser-Akner, por “Me-Time” (A Nova Vida de Toby)
Patrick Aison, por O Predador: A Caçada
Janine Nabers, por “Stung” (Swarm)
Al Yankovic & Eric Appel, por Weird: The Al Yanovic Story

About The Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.