Capital capixaba receberá temporada de cruzeiros.

O Porto de Vitória estará movimentado de turistas e visitantes. Além da chegada do navio veleiro Cisne Branco, da Marinha do Brasil, nesta sexta-feira (18), na próxima segunda-feira (21), o Cais Comercial receberá o navio de cruzeiro Seabourn Quest, que saiu da Flórida, Estados Unidos, com 450 turistas e 330 tripulantes, um total de 780 pessoas à bordo. Os turistas passarão o dia na cidade.

Os passageiros vão conhecer os pontos turísticos de Vila Velha, como o Convento da Penha, e as praias da Curva da Jurema e Camburi, em Vitória. Ainda desfrutarão de uma belíssima experiência gastronômica capixaba, visitando o galpão das paneleiras, em Goiabeiras, até acompanhar o preparo da moqueca capixaba e, claro, participar da degustação.

Os turistas também terão a oportunidade de conhecer a história de nossa capital, num passeio pelo Centro da cidade. Será montada uma estação Porto para o receptivo dos turistas, no Armazém entre os prédios 4 e 5, para quaisquer dúvidas surgidas.

Programação

O início do cruzeiro, denominado Amazion & Brasilian Exploration, saiu de Fort Lauderdale, na Flórida, para sua jornada de 24 dias, começando pelo Caribe, passando por Jost Van Dyke, nas Ilhas Virgens Britânicas, Gustavia, em St. Barts, Îles des Saintes (Terre-de-Haut), em Guadalupe, Bridgetown, em Barbados, e por Devill’s Island, na Guiana Francesa. No Brasil, os turistas passaram por Natal, no Rio Grande do Norte e Recife, em Pernambuco.

O Seabourn Quest deixará Vitória no final da tarde desta segunda-feira, com destino a Búzios e à capital do Rio de Janeiro. Após, parte rumo a Montevidéu, capital do Uruguai, e em seguida vai para Buenos Aires, Argentina, retornando depois para os Estados Unidos. O navio atracará em Vitória às 8h e partirá às 18h do mesmo dia.


Michael Bolzan – Estagiário em Jornalismo
Assessoria de Comunicação da CODESA

About The Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.